Jurandir da Prensa
Paraiba

VÍRUS: Sousa e mais 5 cidades anunciam suspenção de aulas

VÍRUS: Sousa e mais 5 cidades anunciam suspenção de aulas

17/03/2020 18h09
Por: Mais São Bento
500

 

Sousa e mais 5 cidades anunciam suspenção de aulas

Escolas pertencentes ao município de Sousa irão paralisar suas atividades por conta do covid-19 (Corona Vírus), e cerca de 6 mil alunos ficarão sem aulas. A Prefeitura anunciou no início da tarde dessa terça-feira (17/03), que irá acompanhar o decreto do Governador do Estado João Azevedo (Cidadania), que além de decretar estado de emergência por conta do Covid-19, suspendeu as aulas até 18 de abril.

 

Escolas particulares da cidade também irão suspender suas atividades pelo mesmo período, para tentar conter a propagação da pandemia, que até as 16h46 contabilizava 234 casos confirmados no país, e outros 2064 sob investigação. Na PB 48 casos estão sendo monitorados, e o estado segue sem confirmação de positivo para o Corona.

 

A direção do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, que faz parte da rede privada de Sousa, informou que irá suspender as aulas nessa quarta-feira para decidir o que fará. Eles informaram ainda que desde o início vem adotando medidas junto aos alunos como; colocação de álcool gel em todos os ambientes, e dividiu o intervalo em 4, para diminuir a aglomeração de muitos alunos ao mesmo tempo, além de aulas de conscientização.

 

Tais medidas também foram adotadas pelo Colégio Monteiro Lobato, como nos informou uma de suas diretoras Jane Silva. Ela explicou que os alunos que estavam com sintomas de gripe ou resfriado foram dispensados de comparecer ao colégio essa semana. Jane também informou que o CML vai suspender suas atividades até 18 de abril.

 

Já o Colégio Ação iniciou a suspenção das aulas as 16h de hoje, e segundo sua diretora Ana Lúcia Oliveira, além de medidas para a prevenção, a escola também acompanhará o período de paralização.

 

Região da Grande Sousa

 

O Prefeito de Vieirópolis Célio Aristóteles também anunciou a suspenção, assim como os prefeitos de Aparecida Waldemir Oliveira, de Marizópolis José Linz (Zé de Pedrinho), de Nazarezinho Salvan Mendes, e de São Francisco João Bosco Filho, também anunciaram que vão paralisar as aulas.

 

Para João Bosco Filho (PSDB) que inclusive é médico, o momento é muito sério, e exige serenidade, e total colaboração entre os governos. Para o Prefeito, mesmo numa cidade do Sertão da PB, a população corre risco, uma vez que sempre tem alguém que tem um parente que mora fora, ou um amigo que vem fazer visita. ‘São os efeitos da globalização’. Declarou.

 

Até o fechamento dessa matéria, as cidades de São José da Lagoa Tapada, Santa Cruz e Lastro não haviam informado se vão aderir ou não.

Sertão Informado 

Essa matéria já foi vista 314

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.