Jurandir da Prensa
Delação

Bomba: Livânia cita compra de apoio de Efraim Filho à chapa de Ricardo Coutinho e diz que repassou ilegalmente recursos a seis deputados estaduais

Bomba: Livânia cita compra de apoio de Efraim Filho à chapa de Ricardo Coutinho e diz que repassou ilegalmente recursos a seis deputados estaduais

05/01/2020 08h20
Por: Mais São Bento
605

Um novo trecho da delação feita pela ex-secretária de Administração do Estado da Paraíba, Livânia Farias, no âmbito da Operação Calvário, traz novos nomes à cena do repasse de recursos irregulares para campanhas eleitorais. A delatora disse ao Ministério Público Estadual que o deputado federal Efraim Filho (DEM) teria negociado por R$ 2 milhões o apoio à chapa de Ricardo Coutinho (PSB). Metade do valor teria sido entregue pelo ex-secretário executivo de Turismo, Ivan Burity, no dia em que o acordo foi fechado. O restante teria sido repassado em parcelas de R$ 250 mil.

Além disso, Livânia contou que mais seis deputados estaduais teriam sido beneficiados pelo mesmo esquema com o aval do então governador Ricardo Coutinho. Segundo ela, R$ 1,6 milhão teriam sido entregues a Edmilson Soares para serem rateados entre ele, Branco Mendes, Lindolfo Pires, Tião Gomes e Genival Matias. Outro contemplado seria o então deputado Arthur Cunha Lima Filho, o Arthurzinho, que teria ficado descontente por receber menos que Edmilson. Por causa disso, teria ameaçado utilizar a influência do pai, Arthur Cunha Lima, conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, afastado do cargo durante a sétima fase da Operação Calvário.

 

 
 

NOTA À IMPRENSA

Quem não deve, não teme: coloco meu sigilo bancário, telefônico e fiscal a disposição da justiça. 


Tomei ciência pela imprensa da citação do meu nome, nas investigações em curso, como que no ano de 2014 tivesse recebido ajuda de campanha para apoiar a chapa do então governador. Absolutamente nego essa ilação feita contra mim, sem apresentar uma prova ou sequer uma data. As contas da minha eleição 2014 foram analisadas, julgadas e aprovadas pela justiça eleitoral. 


Ao rechaçar totalmente essa inverídica acusação, e mesmo sem estar no rol de investigados pela operação, coloco meu sigilo bancário, telefônico e fiscal a disposição da justiça. Quem não deve não teme.

Efraim Filho.
essa matéria já foi vista 453
 

 

ParlamentoPB

Link
 
Tags »
Notícias Relacionadas »
 
Comentários »
 
 
 
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Divulgação - TV Rede Cidade
Josue Diniz - Advogados Associados
Sivonaldo Bebidas
Pansudo Poker Vip
Radio Solidaria FM
Últimas notícias
Josimar Moral e Banda
Bingo Beneficente
Mais lidas
Luciano Motos
Anúncio