Jurandir da Prensa
Politica

Ricardo Coutinho “toma” PSB de Pombal do comando de Pollyana Dutra e entrega ao grupo Feitosa

Ricardo Coutinho “toma” PSB de Pombal do comando de Pollyana Dutra e entrega ao grupo Feitosa

26/11/2019 06h53
Por: Mais São Bento
357

A disputa pelo comando do PSB na Paraíba, que acabou resultando no racha entre o ex-governador Ricardo Coutinho e o atual, João Azevêdo, teve efeitos também em Pombal.

O partido – que já mudou de comando ao menos cinco vezes nos últimos 4 anos em Pombal (era dirigido por Zildo de Souza, depois Rogério Martins, depois Bebé, e por último, Kévia) – tem nova direção municipal, após a deputada estadual, que comandava a comissão provisória da legenda, através de sua irmã, Kévia Werton, ter anunciado que ficaria com o atual governador, que também planeja pedir desfiliação.

Agora, o grupo “Feitosa” é quem tem passa a dirigir o PSB, tendo o vereadorJosevaldo (foto) como seu presidente. Além dele, integram a nova comissão seu irmão, Jandilson Feitosa, como vice; Francisco Jarismar (Mazinho), como secretário-geral; Elenita Severo (esposa de Mazinho, como secretária de finanças); Anielson dos Santos (diretor do campus da UFCG, como secretário organizacional), e ainda Aldo Fernandes e Allison Haley dos Santos (advogado) como membros.

O PSB local planeja lançar o empresário José Alves Feitosa Filho (Feitosa), irmão de Josevaldo e do ex-prefeito Jairo Feitosa, como candidato à sucessão municipal com o apoio do ex-governador Ricardo.

Na última quinta-feira (21), Pollyana declarou a uma rádio de João Pessoa que “não tem mais clima” para continuar no PSB e declarou que deverá pedir desligamento do partido.

NOVO DIRETÓRIO:

ANTIGO DIRETÓRIO DO PSB:

Foto Josevaldo: Pombal Informa

Essa matéria já foi vista 316

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários