Da esquerda para a direita: Washington Vasconcelos, do Ceará; e Valdecir Rosa de Farias, de Cuiabá.
 

O motorista de ônibus Valdecir Rosa de Farias, de 41 anos, morreu no sábado (23) ao comemorar o segundo gol do Flamengo contra o River Plate, em Cuiabá. Um outro torcedor morreu no Ceará também durante a partida final da Copa Libertadores.

“A emoção foi tanta que o coração não aguentou. Ele era flamenguista roxo”, disse Jucielle Viana dos Santos, mulher de Valdecir, ao G1..

A família assistia ao jogo na casa de um vizinho quando o motorista passou mal. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, e constatou morte por parada cardíaca.

Jucielly conta que, há 3 anos, o motorista teve o coração operado, e usava marcapasso.

Ele deixa dois filhos, um homem de 21 anos e uma menina de um ano e dez meses.
O velório acontece na manhã deste domingo (24) e o enterro será às 16h.

Ceará

O empresário Washington Vasconcelos, 41, torcedor do Flamengo, teve um infarto e morreu no sábado (23) enquanto assistia em Fortaleza à decisão da Copa Libertadores entre o time carioca e o clube argentino River Plate.

Conforme a família, ele estava em casa, no Bairro Conjunto Ceará, com a filha de 10 anos quando passou mal e foi socorrido por vizinhos que o levaram para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) próxima do local. Washington não resistiu e morreu na unidade de saúde.

G1

Essa matéria já foi vista 215