Jurandir da Prensa
Prisão

Santa Rita: Gaeco quer afastamento de vereadores presos em operação

Santa Rita: Gaeco quer afastamento de vereadores presos em operação

05/11/2019 17h45
Por: Mais São Bento
285

Ministério Público Estadual não descartou, na manhã desta terça-feira (5), pedir o afastamento dos 11 vereadores de Santa Rita que foram presos durante a madrugada de hoje na ‘Operação Natal Luz’ do Grupo do  Atuação Especial Contra o Crime Organizado  (Gaeco) em conjunto com a Polícia Civil da Paraíba.

O promotor Reinaldo Di Lourenzo Serpa disse que vai esperar a audiência de custódia dos investigados e, caso o pedido de prisão preventiva não seja aceito pela Justiça, o MPPB entrará com uma ação para que eles sejam afastados dos cargos.

“Eles se submeterão a audiência de custódia em que poderão ser decretadas asuas prisões preventiva ou suas liberdades provisórias. Se forem liberados nada impede que o MP venha pedir o afastamento cautelar desses parlamentares para preservar a futura ação penal”, afirmou após entrevista coletiva na Central da Polícia onde foram revelados detalhes da operação.

De acordo com o promotor Romualdo Tadeu, que também participou da coletiva, o número de cursos dos parlamentares de Santa Rita com gastos excessivos de recursos públicos já vinham chamando a atenção do MPPB.

Ele alegou que somente durante o mês de julho deste ano viagens para três eventos renderam R$ 160 mil em diárias para os vereadores.

Sobre a ação que culminou com a prisão dos parlamentares, o promotor elencou várias evidencias que levaram a conclusão que o evento foi  realizado para beneficiar investigados com os recursos públicos.

“Percebemos que o seminário se resumia a reuniões nas manhãs em três dias dos cinco que os vereadores tiveram direitos a diárias. A própria palestrante divulgou em rede social que teria um evento em juazeiro do norte em datas coincidentes. Junto  a tudo isso concluímos que essa finalidade só tinha uma finalidade que era desviar dinheiro público”, afirmou.

A Polícia Civil adiantou que pretende ampliar as investigações para essas outras viagens que os vereadores realizaram com recursos da Câmara Municipal.

Leia mais no MaisPB

Essa matéria já foi vista 264

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários