Jurandir da Prensa
POLICIAL

Polícia identifica mulher que lançou gato para ser atacado e morto por cão pitbull

Polícia identifica mulher que lançou gato para ser atacado e morto por cão pitbull

09/10/2019 06h18
Por: Mais São Bento
215

A Polícia Civil já identificou a mulher que lançou um gato para ser atacado e morto por um cachorro da raça pitbull. O fato ocorreu no último domingo (6), no bairro do Geisel, em João Pessoa e foi registrado por câmeras de segurança instaladas na casa onde o cão é criado. A suspeita tem cerca de 30 anos de idade e reside na mesma rua em que o crime foi praticado.

O caso está sendo investigado pela Delegacia do Meio Ambiente de João Pessoa. Segundo a delegada Clea Pereira, diversas diligências vêm sendo  feitas com objetivo de localizar a agressora.

“Desde ontem (segunda-feira, dia 6) que nossos agentes estão realizando diligências para localizar a pessoa que aparece nas imagens jogando o gato por cima do muro da residência. Já obtivemos informações sobre a identidade dela e seu endereço. Ela será intimada para comparecer à delegacia e assinar um termo circunstanciado de ocorrência, em virtude do crime praticado”, informou a delegada.

A delegada já tomou o depoimento da mulher proprietária do cão pitbull e de outra testemunha que confirmaram que o gato arremessado em direção ao cachorro foi atacado e morto pelo cachorro. Além dos testemunhos, a polícia já está de posse das imagens que mostram como tudo ocorreu.

“A imagem é clara. Mostra perfeitamente a mulher pegando um volume, que sabemos ser um gatinho, e o lançando por cima do muro de uma casa, onde havia um  pitbull. Depois de lançar o animal, a mulher segue seu caminho naturalmente, como se nada tivesse acontecido, demonstrando frieza”, observou Clea Pereira.

A mulher será enquadrada na prática de maus tratos contra animais, prevista na Lei de Crimes Ambientais. A pena é de três meses a um ano de detenção, sendo agravada em caso de morte do animal atacado. A legislação não prevê pena de prisão para esse tipo de delito.

“Em virtude de o crime ter pena inferior a quatro anos, não há como falarmos em prisão da agressora, mesmo se ela fosse abordada pela polícia em flagrante delito. No entanto, ela terá que comparecer à delegacia, assinar o termo circunstanciado e responder a processo judicial”, explicou a delegada. 

O fato

Um vídeo chocante tem viralizado nas redes sociais pessoenses desde o último sábado (5). No dia, uma mulher foi flagrada pelas câmeras de segurança de uma rua do bairro do Geisel jogando um gato por cima do muro de uma casa que tem um cachorro da raça pitbull. O gato foi sacudido e mordido até a morte. A mulher foi identificada e o caso foi parar na delegacia.

No vídeo, é possível ver o momento exato em que o gato é arremessado, o cachorro nota sua presença e o ataca. Uma das donas da casa e do pitbull, Karynne Higino, junto com a avó e a tia aparecem no vídeo tentando separar os animais. “Jogamos vários baldes de água e até mexemos neles com um ‘pau’. Fui buscar ajuda com o meu noivo, mas, quando voltei, o gato já estava morto”, disse.

Depois da ação, a dona do gato limpa as mãos e continua andando na rua como se nada tivesse acontecido. Ela foi identificada como Josefa de Freitas e também é moradora do bairro. De acordo com os vizinhos, ela é dona de dois cachorros, um pitbull e um rottweiler, e não é vista desde sábado (5).

Protetores de animais foram à Delegacia do Meio Ambiente, no bairro do Geisel, nesta segunda-feira (7) para formalizar a denúncia contra Josefa. “Procuramos agir o mais rápido possível, e, esperamos que ela seja chamada pra depor ainda nessa semana”, disse Vanosca Maria Assis, do projeto “Anjos da Lily”, que resgata animais de rua.

PATOS ONLAINI

ESSA MANTERIA JÁ FOI VISTA 185

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários